Arranjos Produtivos Locais

Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são aglomerados de agentes econômicos, políticos e sociais, localizados em um mesmo território, que apresentam vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem e relacionam-se com o conceito de planejamento regional.

Objetivo

O objetivo dos APLs é promover o desenvolvimento regional por meio de estímulo à cooperação entre capacidade produtiva local, instituições de pesquisa, agentes de desenvolvimento, poderes federal, estadual e municipal com vistas à dinamização dos processos locais de inovação.

Além de oferecer a qualificação profissional aos APLs, a Superintendência de Desenvolvimento Tecnológico, Inovação e Fomento à Tecnologia de Informação fornece equipamentos e o apoio para a legalização e o reconhecimento do arranjo pela Rede APL e para o lançamento de nova unidade de produção local na plataforma do Observatório Nacional de APLs do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

SIGO - Sistema Goiano de Inovação

O Sistema Goiano de Inovação (Sigo) tem como objetivo promover a inovação em Goiás, facilitando o acesso à informação e promover a integração das instituições de ensino e pesquisa e de pesquisadores com empresas estabelecidas no Estado de Goiás.

Para isso, o Sigo disponibiliza uma plataforma de difusão de informações relevantes relacionadas a ciência, tecnologia e inovação. Entre outros programas estruturantes para a inovação tecnológica no Estado, o Sigo sistematiza e apresenta com destaque o Programa Goiano de Parques Tecnológicos (PGTec), a Rede Goiana de Extensão Tecnológica (Regetec) e a Rede Goiana de Arranjos Produtivos Locais (RG-APL).

Conheça o portal do Sigo, acesse: http://www.sigo.go.gov.br/

Rede – APL

Em 2005, através do Decreto n 5.990, foi instituída a Rede Goiana de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais – RG-APL. Esta Rede é composta por 15 instituições, entre elas Secretarias de Estado, Agências e Universidades, e tem como coordenadora a Superintendência Executiva de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED).