Economia Criativa e

Economia Criativa é um termo que se refere a toda atividade econômica que depende primordialmente da criatividade humana para gerar valor econômico; seja este resultado um elemento cultural ou não. Entre os setores abarcados pela Economia Criativa estão:

  • Arquitetura
  • Artesanato
  • Artes Cênicas
  • Audiovisual
  • Cinema
  • Design
  • Editorial
  • Games
  • Moda
  • Música
  • Patrimônio
  • Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)
  • Publicidade e Marketing
  • Rádio/TV
  • Software

Em recente estudo elaborado pelo Instituto Mauro Borges (IMB), foi constatado que a área de Economia Criativa representa 6,9% do PIB goiano, empregando quase 300 mil pessoas e com uma remuneração anual total de R$ 5,2 bilhões. É um setor em plena expansão, que vem aumentando cada vez mais sua participação no PIB do estado; além de ser uma área que conta com um elevado capital humano, fatores fundamentais para o aumento da produtividade e da inovação na economia.

Superintendência de Economia Criativa e Solidária

A Superintendência de Economia Criativa e Solidária tem como principal objetivo fortalecer a Economia Criativa em Goiás através do mapeamento dos setores, da consolidação de dados e da elaboração de políticas públicas pertinentes para os vários setores da Economia Criativa nos 246 municípios goianos.

São atribuições da Superintendência:

  1. Fomentar a geração de renda e trabalho através da potencialização e fortalecimento da Economia Criativa no Estado de Goiás;
  2. Desenvolver o incentivo a negócios de Economia Criativa por meio de políticas públicas;
  3. Promover a diversidade cultural do Estado mediante a equidade socioeconômica da sustentabilidade e inclusão social;
  4. Elaborar um Plano Estadual de Economia Criativa;
  5. Promover Projetos de leis já existentes e apresentar sugestões de novos;
  6. Firmar convênios e parcerias de cooperação técnica com instituições em todas as esferas governamentais;
  7. Mapear a Economia Criativa no Estado;
  8. Interação com outros órgãos públicos a fim de promover a Superintendência;
  9. Criar grupos de estudo ou execução de atividades específicas da Superintendência de Economia Criativa e Solidária;
  10. Incentivar a profissionalização nas áreas de Economia Criativa e Solidária;
  11. Facilitar contratos e convênios que tenham como base o fortalecimento das economias criativa e solidária;
  12. Criar vínculo entre a sociedade civil e as entidades de mercado dotadas de responsabilidade social;
  13. Cadastrar e emitir a Carteira Nacional do Artesão do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB);
  14. Publicar os editais e fazer as curadorias das feiras de artesanato do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) a nível nacional e internacional.

Principais projetos:

  • Projeto Raízes de Goiás
    Setor da Economia Criativa: Artesanato
    Cronograma: 2015-2019
  • Projeto Tecendo o Amanhã
    Setor da Economia Criativa: Artesanato
    Cronograma: 2019-2022
  • Projeto Arquitetura na Periferia
    Setor da Economia Criativa: Arquitetura
    Cronograma: 2019-2022
  • Projeto do Polo de Audiovisual de Rio Verde
    Setor da Economia Criativa: Audiovisual
    Cronograma: 2019-2022

Reportagens Economia Criativa

AUDIOVISUAL

                                                     

CINECLUBES CIDADES
7ª ARTE Acreúna
ARTE CINE CULTURA Acreúna
XICARA DA SILVA Anápolis
APARECIDA DE GOIÂNIA Aparecida de Goiânia
CLEO VERBERENA Faina
CATEDRAL Goiânia
IMIGRAÇÃO Goiânia
PUC Goiânia
OLHAR JURIDICO Goiânia
SEMSUN Goiânia
LARANJEIRAS Goiânia
ZABRISKIE Goiânia
VINGADOR TOXICO Goiânia
CINECLU-B Goiânia
BANDIDAS Goiânia
KALUNGA Goiânia
MUTAMBA Goiás
FRINGE Senador Canedo
CANEDO Senador Canedo
CINECLUBE NO IFG Águas Lindas
DESENCUCA Goiânia
CINE ARTE E CULTURA Goiânia
MILAGRE DOS PEIXES Goiânia
PIRINEUS Pirenópolis
COEP Pirenópolis

 

PATRIMÔNIO 

PATRIMÔNIO IMATERIAL: Os bens culturais de natureza imaterial dizem respeito àquelas práticas e domínios da vida social que se manifestam em saberes, ofícios e modos de fazer; celebrações; formas de expressão cênicas, plásticas, musicais ou lúdicas; e nos lugares . A Constituição Federal de 1988, em seus artigos 215 e 216, ampliou a noção de patrimônio cultural ao reconhecer a existência de bens culturais de natureza material e imaterial.  
 
ALTO PARAÍSO (POVOADO DE SÃO JORGE)
MOACIR

   

 

milena-s@sed.go.gov.br

Equipe SECS

A Superintendência de Economia Criativa e Solidária é responsável por incentivar e fortalecer estas duas modalidades de economia no Estado de Goiás.

Entre em contato conosco:

André Milhomem Franco
Superintendente de Economia Criativa
andre-mf@sed.go.gov.br
Tel.: (62) 3201-5498

Ana Paula Proto Aleixo
Assessora
ana-ppa@sed.go.gov.br

Beatriz Athayde
Assessora
beatriz-a@sed.go.gov.br

Gabriela Rodrigues Lourenço
Assessora
gabriela-rl@sed.go.gov.br

Milena de Souza
Assessora
milena-s@sed.go.gov.br

Solange Amarilla Mendes
Assessora
solange-am@sed.go.gov.br

Wasley Conceição Dantas
Assessor
wasley-cd@sed.go.gov.br